Flamengo player taking corner kick in the Maracanã stadium

O Flamengo está enfrentando seus primeiros desafios após a partida de JJ para Portugal, buscando retomar seu protagonismo no velho continente que sempre foi seu objetivo de longo prazo.


O Fla apostou num treinador com bem menos experiência do que Jorge Jesus, o catalão Domenèc Torrent vinha de uma passagem pelo futebol da MLS que é muito mais distante desportivamente e culturalmente do Brasil do que o futebol português.
Certamente Dome, como vem sendo chamado pela imprensa brasileira terá desafios complexos na sua adaptação cultural ao Brasil, que certamente foi mais fácil para um português.

De fato, a aposta em Torrent teve seus riscos, mas também seus benefícios, visto que no cenário de pandemia, trazer um nome com o peso de um JJ ou mesmo um treinador brasileiro de nome forte teria custos pesados para qualquer clube após meses de receitas comprometidas pela crise sanitária de 2020.


A torcida rubro negra parece ter aprendido a confiar em treinadores estrangeiros após a passagem de Rueda e Jorge Jesus, e mais uma aposta num treinador estrangeiro parece ter sido um voto de confiança nos conhecimentos de técnicos de fora, que sempre enfrentaram muito preconceito no Brasil por parte de diversos personagens do futebol, incluindo jogadores, clubes e parte da imprensa.


Torrent, no entanto, tem sim menos experiência que JJ e as duas primeiras rodadas do Brasileirão mostraram que o caminho para mais um título brasileiro certamente não será fácil em 2020, assim como os desafios da Copa do Brasil 2020 e da atual edição da Copa CONMEBOL Libertadores.

Rafinha e a Importância Tática Da Lateral Direita

O Flamengo sempre jogou pra frente sob o comando de JJ, e a defesa experiente com Rodrigo Caio, Rafinha e Filipe Luís fazia a diferença na hora de segurar os contra-ataques sofridos pelo arrojado Flamengo de JJ.


Um dos piores problemas táticos enfrentados pelo Flamengo ocasionalmente era a lateral direita, visto que nunca houve reposição de qualidade. Isla chegou para ser titular, mas o jogador talvez precise se adaptar a um papel mais defensivo do que em épocas gloriosas de sua carreira como a passagem pela Juventus na qual funcionava como um jogador mais avançado do que Rafinha.

Mesmo que Isla se torne um titular de confiança do novo treinador catalão, é importante lembrar que a reposição para suas ausências continua a mesma de antes em termos de qualidade, o que pode se tornar um problema eventualmente, pois o estilo ultra ofensivo do Flamengo de 2019 exigia muito da linha de 4 defensores bem como de Gérson e Arão.

O Depois De JJ e Rafinha: Resumo

O Flamengo terá um desafio anímico acima de tudo, pois JJ passava uma grande confiança que é fundamental para equipes bastante ofensivas, talvez o fato de o Fla não ter sofrido grandes problemas nos contra-ataques na temporada passada tenha relação com o grande medo que o esquadrão de JJ passava para os adversários, que frequentemente entravam em campo focando em empatar e acabavam sucumbindo ao talentoso ataque e meio-campo ofensivo de Gabigol, Bruno Henrique, Arrascaeta, Diego e Éverton Ribeiro.

Continue acompanhando todas as novidades e também dicas de apostas esportivas aqui na BetGold.